Home » Reuniões » Reunião 33 (Rio de Janeiro, 26/05/1998)
Reunião 33 (Rio de Janeiro, 26/05/1998)

Ata da 33ª reunião do LARC realizada aos vinte e seis dias do mês de maio de mil novecentos e noventa e oito, às 14 horas e 30 minutos, na sala Botafogo do Hotel Sofitel Rio Palace na cidade do Rio de Janeiro.

Estavam presentes José Augusto Suruagy Monteiro (UFPe), Diretor do Conselho Técnico e Científico do LARC, Jean-Marie Farines (UFSC), Diretor Executivo do LARC, Luiz Fernando Rust (UFRJ), Vice-Diretor Executivo do LARC, os seguintes membros representantes: Julius Leite (UFF), José Marcos Nogueira (UFMG), Wanderley Lopes de Souza (UFSCar), Edmundo Madeira (UNICAMP), Raimundo Macêdo (UFBA), José Gonçalves (UFES), Guido Lemos de Souza Fo (UFRN), Orlando Loques (UFF), Noemi Rodriguez (PUC-Rio), José Neuman de Souza (UFC), Luiz Nacamura Jr (CEFET-Pr), Manoel Camillo O. Penna (CEFET-PR), Liane M. R. Tarouco (UFRGS), Elizabeth Specialski (UFSC), Eduardo W. Bergamini (INPE), Paulo Aguiar (UFRJ) e demais presentes, Luiz Fernando Tavares Meirelles (UCPel), Alexandre Stajnberg (UERJ), Sergio de Figueiredo Brito (UNIFACS- Bahia).

O Professor José Augusto Suruagy Monteiro, Diretor do Conselho Técnico e Científico do LARC, deu início à reunião com a aprovação pelos presentes das atas das 31a e 32a reuniões. A seguir, foram discutidos os pontos seguintes da pauta:

1. Alteração dos Estatutos

O Professor José Augusto Suruagy Monteiro informou que não houve discussão pela lista a respeito da alteração dos estatutos do LARC e que a diretoria do LARC decidiu adiar o encaminhamento desta discussão para uma data posterior à discussão das novas diretrizes do LARC.

2. Receita das Inscrições ao SBRC

Seguindo deliberação anterior deste Conselho, a diretoria do LARC encaminhou para a SBC a solicitação de não aplicação ao Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores da regra da SBC para os Simpósios que consiste no repasse de 15 % da receita das inscrições para esta entidade e do estabelecimento de uma divisão igualitária deste percentual entre SBC e LARC que promovem em conjunto este Simpósio, sendo que o percentual do LARC (7,5 %) seria repassado de imediato para os organizadores do próximo Simpósio. Após discussão na lista do Conselho da SBC, este Conselho não aprovou a solicitação da diretoria do LARC. Em conseqüência e com o intuito de não criar confronto, o coordenador geral do XVo SBRC, Wanderley Lopes de Souza repassou os 15 % da receita das inscrições à SBC.

O Conselho Técnico e Científico do LARC reafirmou a sua posição anterior de solicitar a modificação da regra da SBC para os Simpósios no caso de promoção conjunta como é o caso do SBRC. Ficou decidido que o Diretor do Conselho Técnico e Científico do LARC contataria o Presidente da SBC para tratar desta questão e para que ela seja discutida, possivelmente, durante a Congresso da SBC.

3. Relato das Atividades da Diretoria

O Professor José Suruagy Monteiro apresentou uma relato das atividades da diretoria, desde o último Simpósio. Destacou a participação no Grupo de Trabalho de Pesquisa e Desenvolvimento (GT-P&D) da Internet-Brasil. O convite feito pelo GT-P&D para uso de plataformas de Alta Velocidade (instaladas em laboratórios pilotos na UFRJ, PUC-RJ e UFSC) por pesquisadores de equipes de outras universidades teve duas propostas submetidas e aprovadas (UFC e UFPr); entretanto, por falta de recursos o apoio aos selecionados pelo GT-P&D não foi possível. Por razões idênticas, o apoio aos laboratórios pilotos e de melhoria de equipamentos não foi concretizado. Houve apenas a implementação de uma bolsa DTI e 4 ITIs. Citou ainda que não há perspectivas de recursos para o GT-P&D para 1998.

O Professor José Suruagy Monteiro avaliou que o Edital Protem/RNP sobre as Redes Metropolitanas de Alta Velocidade vem no sentido de concretizar o projeto IREXAVA do GT-P&D e do LARC, apresentado a comunidade no XIVo SBRC em Fortaleza e encaminhado ao Comitê Gestor da Internet-Br. Constatou ainda que muitos grupos participantes do LARC (11) estão envolvidos nos 12 projetos (1o e 2o fases) que foram escolhidas para serem implementados através deste edital.

4. Definições de Ações do LARC dentro do Contexto Atual

O Professor José Suruagy Monteiro indagou os presentes a respeito do papel que o LARC deveria assumir no contexto atual com a implantação de redes metropolitanas de alta velocidade em vários locais, com a necessidade de melhorar e generalizar esses experimentos e com um cenário posto de privatizações no setor das telecomunicações. Destacou-se a vocação do LARC como articulador da comunidade acadêmica de redes e proponente de diretrizes para a área. Para retomar uma postura mais arrojada nesta direção, ficou clara a importância de construir uma nova proposta de atuação do LARC, fruto de um planejamento discutido por todos seus membros. Ficou decidido que uma primeira etapa consistiria em realizar uma reunião especifica de um ou dois dias com a participação da diretoria e de representantes de cada instituição membro do LARC, para elaborar esta proposta. Um trabalho preparatório a esta reunião poderia ocorrer via lista eletrônica de discussão, moderada pelo Diretor do Conselho Técnico-Cientifico do LARC.

Ficou decidido ainda encaminhar carta ao Comitê Gestor da Internet-Br, com cópias ao MEC-SESU, Sepin-MCT e Diretoria de Programas Especiais do CNPq, intitulada Carta do Rio com objetivo de manifestar as preocupações da comunidade acadêmica e de pesquisa em redes de computadores, com o estado atual da RNP e os futuros passos com vistas à Internet 2.

5. Próximos Simpósios

Ficou confirmada a realização do próximo SBRC (1999) em Salvador, sendo organizado pela Universidade Federal da Bahia.

Foram discutidas ainda diversas questões relativas à mudança de data de submissão do SBRC, à realização do SBRC com superposição de datas com o SBMídia, e aos locais dos próximos Simpósios com candidaturas de Belo Horizonte, Florianópolis, Natal, Porto Alegre sem que seja tomada decisão definitiva a respeito.

6. Novas Adesões

Foi solicitada e aprovada pelos presentes, a filiação ao LARC da UFRN. Foi encaminhada ainda solicitação similar da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) que será analisada pela diretoria do LARC até a próxima reunião e foram manifestadas intenções de filiação da UERJ e da PUC-Paraná.

A reunião foi encerrada às 17h10.